Sexta-feira, 30 de Janeiro de 2009

Não sei se conseguirei circular alguma coisa.

A minha carta de conduzir é fraca, e já as letras mal enxergo, a não ser com o auxílio dos óculos que me ajudam a separar o perto do longe.

Mas sou um aficionado do "dar ao dedo".

Circular poderia também ser circolar. Porque entendo que esta coisa das palavras não é mais que uma colagem, um puzzle, que pouco a pouco se vai tornando compreensível...ou não.

E é deste final que eu tenho algum receio. Ou não...

Tudo é discutível e cada vez mais tudo serve de motivo para um longo diálogo.

Infelizmente, nesta nossa sociedade... não, não vou por aí.... já ia para me meter na política.

Felizmente, que estas coisas da net  tornaram o nosso mundo da escrita muito mais  acessível, muito mais fácil. E, sendo assim, aqui estou eu a tentar escolher os elementos do puzzle e a tentar ser compreensível e aceitável.

Esta é a primeira tábua para colocar neste caminho circular.

Para aqui chamo, ou convido outros elementos, que, espero, venham colorir esta máquina  circular.

Vamos aguardar.

Inté!


tags:

publicado por circular às 23:07
A cada momento passa por nós uma onda de imagens que nos faz circular pelo mundo. E nós somos do círculo, pois circular é viver.
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
31


Circulando:
arquivos
pesquisar neste blog